Financiamento de energia solar rural: como aproveitar benefícios e pagar pouco

Dicas, Economia
energia solar

No último ano, o produtor rural tem se encontrado em uma situação difícil referente a energia solar.

Além da crise causada pela pandemia e a queda na produção nacional e na demanda de exportação, a crise energética e hídrica elevou as taxas energéticas acima do valor da bandeira vermelha.

Contudo, a energia solar tem se tornado uma alternativa fácil e de melhor retorno para mini e micro produtores que desejam reduzir o valor de uma das maiores despesas na produção: a conta de energia.

Com a facilidade de novas linhas de créditos com taxas de juros baixíssimas e os incentivos do governo, conquistar sua própria usina se tornou muito mais fácil.

Nesse artigo eu vou te mostrar como andam os financiamentos de energia solar rural em 2021, quais a melhores linhas e quais os benefícios que você agroprodutor tem na hora de investir.

Continue a leitura!

 

Produtor rural tem algum incentivo na hora de investir em energia solar?

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, possui o Plano Safra que impulsiona o setor fotovoltaico e destina uma verba para projetos de inovação e expansão do setor agro.

Em junho desse ano, o Plano Safra 2021/2022 foi lançado pelo Governo Federal e começou a disponibilizar R$251,2 bilhões para apoiar a produção agropecuária nacional.

Com a incrível alta no investimento em energia solar, o programa injetou cerca de R$14 bilhões a mais em relação à safra do ano anterior.

 

Agroprodutor tem isenção de ICMS com energia solar.

O governo ainda facilita a vida do agroprodutor com o Decreto Estadual 10.686 de 2018, que isenta o pagamento de ICMS.

Mini produções (até 75 kW) e os micro (de 75 kW até 1 MW) geradores de energia que produzirem mais do que é consumido, automaticamente “emprestam” o que excede para a rede pública de energia.

Essa troca garante a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Tal isenção possui regras específicas que mudam de estado para estado, por isso, vale a pena dar uma conferida nas condições da sua região.

 

Quais as taxas de juros de financiamento solar rural

Atualmente é possível encontrar financiamentos com taxas de juros a partir de 1,1% ao ano, o que é um valor bem abaixo da média praticada no mercado.

E melhor, com prazos de até 15 anos para quitação.

Outra boa notícia é que a taxa Selic, taxa básica de juros da economia brasileira, está em queda desde 2016 e isso facilita e diminui os valores de se investir em uma usina solar no Brasil.

Com o aumento da demanda agrária para exportação, esse é o momento perfeito para você fazer o investimento que vai mudar o futuro da sua empresa e impulsionar sua produção.

 

O segredo é igualar a parcela do financiamento com a economia na conta

O SEGREDO que ninguém te conta é que dá para usar o valor do desconto para pagar a prestação da usina, sem tirar um centavo a mais do orçamento.

Com uma economia que pode chegar até 95%, usar o valor do desconto para pagar as parcelas da sua usina é uma estratégia que vai acabar com sua objeção de não ter capital suficiente pra realizar esse investimento.

Em quase 90% dos casos o valor de uma parcela fica menor do que o valor que será economizado mensalmente.

ESSA é a estratégia que milhares de agroprodutores tomaram no último ano para contornar os custos da conta e a crise energética e hídrica que vão se intensificar nos próximos meses.

Dessa forma, você usa o desconto e paga sua usina tranquilamente sem prejudicar o orçamento da empresa.

 

As melhores linhas de financiamento solar rural em 2021

Nós montamos um guia com as melhores linhas públicas e privadas para o agroprodutor apostar em 2021.

Essas são as linhas de subsídio que mais oferecem benefícios a quem é mini, micro e até grande produtor rural. São elas:

1 – BNDES Finem;

2 – FEE – Financiamento para Estocagem de Produtos Agropecuários;

3 – Funcafé – Aquisição de Café (FAC);

4 – Custeio CAIXA;

5 – Giro CAIXA Agro;

6 – FNE Água;

7 – FNE Aquipesca;

8 – FNE Sol.

Agroprodutor economiza anualmente R$57.000,00 com energia solar

Nosso cliente Pablo Phellep, por exemplo, investiu em energia solar com uma usina de 118 módulos que vai trazer uma economia de mais de R$57.000,00 ao ano.

Pablo Phellep – Projeto Rural (Plantação de Limão)

É possível ter a mesma economia na sua produção.

Preenchendo o formulário abaixo você fala com um de nossos especialistas e descobre quanto seria seu investimento, retorno, quantidade de painéis e, claro, quanto de economia vai ter no seu bolso DE GRAÇA.

Vale realmente a pena investir em energia solar em casa?
Quais as etapas da construção e implementação de uma usina solar fotovoltaica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

SOLICITE UM ORÇAMENTO

Agora que você conhece os benefícios da energia solar fotovoltaica, solicite agora um orçamento grátis.

Menu